A beleza irradiante de Dayane Falcão na disputa da coroa de Rainha do Cupuaçu

“A mais pura perfeição da obra divina…uma menina em forma de arte”

Uma menina em formação de mulher!…Seu brilho, resplandece, ilumina e  irradia …Um brilho próprio das deusas expresso em rara beleza, que só pode ser descrito em prosa, poema ou poesia…Dayane é única!…Consegue reunir de uma só vez. todas as virtudes dignas de uma verdadeira rainha…Sua impecável beleza contagia, causa delírios e devaneios…enlouquece!

A menina Dayane tem luz própria, que se reflete no céu…A mulher Dayane é forte, admirável, emociona, um personagem real!…Nossa personagem é um filme de romance, seja de longe ou de perto, dá cores para a vida!…E a vida retribuindo, lhe dá cores e brilho para viver…essa menina em forma de mulher é magnífica, ela em todo o seu esplendor não é sonho, é existência!

Nossa rainha tem sabor…Sabor de vida, sabor de poesia…

SALVE A RAINHA!!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

“Sou Dayane Falcão da Silva, 17 anos, nascida no dia 30 de março de 2001 na unidade mista Hospitalar Gama e Silva que atualmente é chamado de Hospital Geral Eraldo Neves Falcão em homenagem ao meu falecido tio que ocupava o cargo de secretário de saúde, tenho 1.70 de altura, 53 kg, sou do signo de Áries, finalista do ensino médio na Escola Estadual Maria Calderaro e cursando tec. Enfermagem, minha cor preferida é cinza e tenho o vôlei como hobby.
Filha de Edilene Neves Falcão (Assistente Social e atual Subsecretaria de saúde do Município),  e  Willys Ferreira da Silva sargento da polícia militar do Amazonas.
Sou de uma família tradicional e bem conhecida no município por sermos uns dos primeiros moradores desde a década de 80, onde meus avós chegaram com 9 filhos e meu tio Josias, irmão do meu avô que também é morador desde essa época até os dias atuais. Uma pessoa bem conhecida por ser uma pessoa muito comunicativa. Meus avós foram um dos primeiros funcionários do hospital Gama e Silva, onde meu avô era porteiro na época e minha avó agente de saúde. Minha mãe foi uma das primeiras Miss Urubui (concurso de beleza mais significativo da época), na década de 80 onde o título era disputado no próprio balneário no clube municipal. Minha irmã Danny foi rainha do cupuaçu Mirim em 95 , minha tia Hilda e o tio Naldo ambos são empresários e bem conhecidos, minha tia Ana é dentista e funcionária pública , tia Leuza, tio Dodó são funcionários públicos e trabalham no hospital, tia Eliane foi diretora financeira da câmara e funcionária pública, hoje meus avós estão aposentados.”

                                                                                                                                                                     (Dayane Falcão)

Por: Bôsco Cordeiro e Kamila Ferreira

Fotos: Ageu Felipe (“Maison by Salignac Eventos & Models”)

 

 

Enjoy this blog? Please spread the word :)