Caiaque de britânica desaparecida no rio Solimões é encontrado pela Marinha

 
 

O caiaque da britânica de 43 anos desaparecida desde a noite do último dia 13 ao fazer canoagem esportiva no rio Solimões foi encontrado por uma equipe da Marinha do Brasil, na noite desta sexta-feira (15), em uma comunidade ribeirinha localizada entre os municípios de Codajás e Coari, a cerca de 240 quilômetros de Manaus.

Por meio de nota, o Comando do 9° Distrito Naval (Com9°DN) informou que o caiaque foi encontrado após a equipe de militares que está realizando buscas, com suporte de aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3),  pousar na comunidade e ser informada por moradores que possíveis pertences da esportista foram avistados nas margens do rio Solimões. Os pertences pessoais serão entregues à Polícia Civil, a quem cabe conduzir o inquérito policial.

A Marinha do Brasil, vem, desde o último dia 13, trabalhando nas buscas, com emprego de aeronaves, lancha da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e do Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) Amapá , que seguem com as buscas pela desaparecida, além de disponibilizar apoio logístico às autoridades de segurança pública. O Com9ºDN solicita a quem tiver informações que possam contribuir para elucidar o ocorrido, ligar para o telefone (92) 8802-3116.

Entenda o caso

De acordo com a Marinha, a empresa para qual a britânica trabalha entrou em contato com o órgão na noite do dia 13, por volta das 22h, informando sobre o desaparecimento dela. Segundo eles, o localizador de emergência da britânica havia sido acionado naquele trecho do rio Solimões.

No dia seguinte, quinta (14), o Comando do 9° Distrito Naval (Com9ºDN) enviou a aeronave do EsqdHU-3 para fazer o reconhecimento da região e iniciar as buscas pela britânica.

Na manhã desta sexta (15) as buscas continuaram com outra aeronave, a ANV N-7089 do EsqdHU-3, e mais duas embarcações: uma lancha da CFAOC e o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) Amapá, porém sem sucesso.

Às 14h de ontem, o Corpo de Bombeiros do Amazonas foi acionado para ajudar nos trabalhos e, às 16h, uma equipe de três mergulhadores do Batalhão Especial do CBMAM foi enviada ao local numa das embarcações da Marinha.

De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, a mulher desaparecida teria vindo remando de caiaque da cidade Quito, no Equador, até o Brasil, e nas imediações de Codajás passou por problemas e acionou um equipamento de emergência.

Conforme a assessoria de imprensa da Marinha, os órgãos de Segurança Pública do Estado também foram informados e a Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) começou a monitorar as embarcações da região.

Fonte: http://www.acritica.com/channels/cotidiano/news/caiaque-de-britanica-desaparecida-no-rio-solimoes-e-encontrado-pela-marinha

Enjoy this blog? Please spread the word :)