Festa do Tucunaré 2017: Divulgado regulamento e premiação do Torneio de Pesca com Caiaque

A Vila de Balbina será palco de uma grande celebração dedicada a todos os pescadores de Presidente Figueiredo. Além do cantor sertanejo Léo Magalhães como atração principal, a aguardada Festa do Tucunaré irá trazer o concurso Rainha do Lago, com o desfile de belas candidatas, e o tradicional Circuito de Pesca Esportiva, com a novidade da competição de Pesca com Caiaque.

TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUES

 1 – REGRAS GERAIS

Art.1 – O TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUE.  

Art.2 – Ao participar do torneio, o participante assume a responsabilidade por seus dados fornecidos e aceita totalmente o Regulamento da Prova participando por livre e espontânea vontade, sendo conhecedor de seu estado de saúde, assumindo as despesas de transporte, hospedagem, alimentação, seguros ou quaisquer outras despesas necessárias ou provenientes da sua participação antes, durante e depois da prova. Todos os participantes devem estar em dia com rigorosa avaliação médica para realização do torneio, pois a organização não se responsabilizará pela saúde dos mesmos;

Art.3 – O participante é responsável pela decisão de participar do torneio, avaliando sua condição física e seu desempenho e julgando por si só se deve ou não continuar ao longo da competição.

Art.4 – A organização não se responsabilizará por qualquer extravio de materiais ou prejuízo que porventura os participantes e terceiros venham a sofrer durante a participação ou em qualquer momento do evento, sendo esses de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos.

Art.5 – Não haverá reembolso, por parte da Organização, bem como seus patrocinadores e apoiadores e realizadores, de nenhum valor correspondente a equipamentos e acessórios utilizados pelos participantes no evento, independente de qual for o motivo, nem por qualquer extravio de materiais ou prejuízo que por ventura os atletas venham a sofrer durante a participação no evento.

Art.6 – Todos os participantes do TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUE , assinarão um documento isentando os responsáveis, promotores e patrocinadores do evento, de qualquer responsabilidade sobre acidentes que possam ocorrer durante o evento.

Art.7 – Os casos omissos serão resolvidos pelos Fiscais do Torneio, não cabendo qualquer recurso em outras instâncias.

Art.8 – Ao participar deste evento, cada participante está incondicionalmente aceitando e concordando em ter sua imagem divulgada através de fotos, filmes, rádio, jornais, revistas, internet e televisão, ou qualquer outro meio de comunicação, para usos informativos, promocionais ou publicitários relativos à prova, sem acarretar nenhum ônus aos organizadores, renunciando o recebimento de qualquer renda que vier a ser auferida com tais direitos, aos patrocinadores ou meios de comunicação em qualquer tempo/ data. Filmes e fotografias relativos à prova têm o direito reservado aos organizadores.

Art.9 A inscrição no TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUE  será realizada nos postos autorizados em Manaus, e na vila de Balbina, no dia 27/10/2017, e até uma hora antes da largada no dia do torneio, a cada participante será cobrado 02 (dois) kg de alimento não perecível.

Art.10– Ao se inscrever nesta prova, o participante assume automaticamente o conhecimento de todos os termos deste Regulamento e Condições Gerais de Inscrição, ficando de acordo com todos os itens supracitados e acata todas as decisões da Organização, comprometendo-se a não recorrer a nenhum órgão ou Tribunal, no que diz respeito a qualquer punição imputada pelos organizadores do evento.

Art.11 – Ao participar do evento, o participante aceita todos os termos do Regulamento e assume total responsabilidade por sua participação, de acordo com o “TERMO DE RESPONSABILIDADE”, parte integrante deste.

 

2 – REGRAS ESPECÍFICAS

Art.12 O  TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUE será realizado no dia 28/10/2017, no lago da Hidrelétrica de Balbina. A prova será feita na modalidade do pesque e solte com iscas artificiais, inclusive fly, embarcado exclusivamente em caiaques.

PARÁGRAFO ÚNICO Será válida qualquer espécie de tucunaré e cada participante poderá apresentar, no máximo, 3 (três) fotos de cada peça capturada.

3 – DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

Art.13 – A inscrição é INDIVIDUAL.

Art.14 O pescador deverá apresentar a Carteira de Pescador Amador.

 

4 – DA PONTUAÇÃO

Art.15 – A medição dos peixes poderá ser realizada a qualquer momento da prova:

I – Cada participante deverá ter a sua máquina fotográfica digital e, cada peixe capturado deve ser fotografado pelo pescador, usando a régua adesiva como prova do comprimento do exemplar.

II – É de inteira responsabilidade do participante apresentar à arbitragem, para conferência, as fotos da espécie válida de peixe em sua própria máquina fotográfica digital.

III – O participante não poderá, posteriormente, apresentar outras fotos de peixe, ou seja, as imagens entregues à arbitragem não serão substituídas ou invalidadas.

IV – A fotografia deve ser em alta resolução, não pode estar borrada e obrigatoriamente precisa enquadrar o peixe inteiro, além da régua paralelo ao corpo do animal, com a extremidade frontal na marca de 0(ZERO) cm (Boca fechada).

V – Para chegar à pontuação final de cada participante será feita a somatória total dos comprimentos, em centímetros, das 3 (três) espécies apresentadas, e dividido por 3 (três). Caso o competidor apresentar apenas 01 (um) ou 02 (dois) peixes, a sua soma será dividida por 03 (três).

VI – A pontuação será anotada, pela arbitragem, em uma planilha a qual será rubricada pelo árbitro e pelo participante. O participante deverá conferi-la no ato, pois não serão aceitas reclamações posteriores.

VII – Para efeito de desempate será considerado o comprimento do maior peixe apresentado e caso este persista, a ordem de chegada do participante definirá o ganhador.

VIII – A organização, largada, chegada e arbitragem serão feitas em local pré-determinado pela organização.

 

5 – DO INÍCIO E TÉRMINO

Art.16 – Todos os participantes deverão estar presentes e com os respectivos caiaques no local indicado pela Comissão Organizadora, 01 HORA ANTES DA LARGADA para vistoria e recebimento das orientações necessárias. A largada acontecerá pontualmente às 08 horas e 00 minutos e o término às 14 horas e 00 minutos.

Art.17 – Todos os participantes deverão acertar seus relógios conforme o relógio oficial da prova, que estará sobre a mesa da arbitragem, sendo que:

I – participante que chegar após o sinal sonoro de encerramento da prova não poderá pontuar.

II – Será considerada válida a chegada do participante que tiver ultrapassado uma linha imaginária com raio de aproximadamente 200 metros do local da arbitragem, após o último sinal sonoro.

Parágrafo Único – Por motivos de segurança e/ou caso fortuito, a Comissão Organizadora poderá alterar a largada e chegada de acordo com as condições meteorológicas no dia da prova.

6 – DOS EQUIPAMENTOS PERMITIDOS

Art.18 – Será permitido o uso de linha de diâmetro livre; mono ou multifilamento; carretilha ou molinetes qualquer tipo; iscas artificiais de qualquer tamanho ou modelo. É permitido a utilização de equipamentos de “fly fishing”. Cada atleta poderá fazer uso de apenas uma vara por vez, não sendo permitida vara de espera. Para locomoção, apenas remos.

 

Inciso I – NÃO SERÁ PERMITIDO NADA ALEM DO Art. 18.

Parágrafo Único – É OBRIGATÓRIO O USO DE COLETES SALVA VIDAS na largada e durante toda a prova.

 

 

 

7 – DAS NORMAS DE REALIZAÇÃO

Art.19 – Os caiaques que se aproximarem de outros que estiverem pescando de arremesso deverão respeitar um raio de distância de 15 metros, exceto com o consentimento dos mesmos, e em caso de socorro.

Art.20 – Não será permitido que os caiaques se encostem, nem que um atleta passe de uma embarcação para outra, nem o desembarque ou atracação do caiaque durante a execução da prova, salvo em caso de emergência ou para atender fiscais ou à imprensa. Neste caso, juntamente com a apresentação das fotos o participante comunicará ao árbitro o ocorrido, que será relatado na súmula da prova.

Art.21 – Caso um caiaque precise ser rebocado, este deve ser levado diretamente para o local em que se encontra a arbitragem para que seja efetuada a verificação das fotos de seus peixes, ou para um ponto em que seja substituída a embarcação, sendo proibido que o caiaque seja rebocado para o exercício da pesca.

Art.22 – Toda embarcação deverá acondicionar o seu próprio lixo, ficando, terminantemente proibido jogar lixo em local impróprio.

Parágrafo único – A Organização disponibilizará uma embarcação de apoio aos competidores.

 

8 – DA ARBITRAGEM

Art.23 – A comissão de arbitragem será formada por dois Árbitros, denominados de Árbitro de medida e Árbitro de Rampa que, antes da largada farão a vistoria nas embarcações, averiguando se as mesmas estão de acordo com o previsto no Regulamento.

Art.26 – No momento da largada, os dois Árbitros observarão se nenhuma embarcação se antecipou, bem como se os participantes estão usando coletes salva vidas.

Art.24 – Compete ao Árbitro de rampa chamar os caiaques para a apresentação das fotos seguindo a ordem de chegada, acompanhando para que não haja aglomeração; bem como observar se alguma embarcação chegou atrasada.

Art.25 – Os Árbitros, de medida e de rampa, poderão nomear um ou mais participante que já tenham efetuado a apresentação de seus peixes, para auxiliá-los, não podendo os mesmos recusarem a nomeação, exceto se indicarem outros para substituí-los.

9 – DA SEGURANÇA

Art.26 – A comissão de arbitragem da prova tem total autonomia para adiar a largada ou cancelar a prova em qualquer circunstância que ofereça risco aos participantes.

 

 

 

10 – DAS PENALIDADES

Art.29– Toda e qualquer irregularidade cometida ao estabelecido neste Regulamento deverá ser apresentada formalmente para a Organização do Evento, que formará uma comissão para verificação e julgamento.

Art.30 – A comissão deverá ser formada por 5 (cinco) participantes escolhidos aleatoriamente, além da comissão de arbitragem, exceto o denunciante e denunciado.

Art.31 – Caso a irregularidade seja julgada procedente pela comissão, através da maioria (metade + 1 voto), será aplicada a punição conforme abaixo:

A – Irregularidades que não possam influenciar no resultado da prova: Perda de uma posição ao participante;

B – Irregularidades que influenciaram ou poderiam ter influenciado no resultado da prova (mesmo que isto não tenha ocorrido): Desclassificação do participante;

C – Irregularidades que influenciaram ou poderiam ter influenciado no resultado da prova (mesmo que isto não tenha ocorrido), comprovadamente de má fé, buscando levar vantagem de forma desonesta em relação aos demais competidores: Desclassificação do participante.

Art.32 – Caso a denúncia seja julgada falsa, pela comissão, através da maioria (metade + 1 voto), ocorrerá a desclassificação do participante que fez a denúncia.

Art.33 – Caso a comissão não tenha provas e argumentos suficientes para comprovar se a irregularidade é verdadeira ou se ocorreu uma denúncia falsa, não serão aplicadas punições.

Art.34 – O atleta que:

1 – Exercer atitudes que depredem o meio ambiente;

2 – Se apresentar em estado de embriaguez antes ou durante a competição, criando tumultos, desacatando ou agredindo competidores ou qualquer membro da Comissão Organizadora; bem como usar material não previsto neste Regulamento, serão desclassificados da prova.

PREMIAÇÃO  

Troféus para os 3 primeiros lugares, e troféu para o maior peixe.

Serão sorteados 02 (Dois) caiaques, além de brindes para os participantes do Torneio.

OBS: O sorteio será realizado na Festa do Tucunaré à noite.

 

 

 

 

 

 

TERMO DE RESPONSABILIDADE

Parte Integrante do Regulamento de Prova)

Declaro para os devidos fins, que recebi o REGULAMENTO DO TORNEIO DE PESCA COM CAIAQUES , o qual li e concordo inteiramente com todos os artigos, notas e anexos ali existentes e que deverá ser entregue, à Comissão Organizadora, preenchido e assinado.

Eu, no perfeito uso de minhas faculdades, declaro para os devidos fins de direito que:

1 – Estou ciente de que se trata de um evento em meio aquatico.

2 – Estou em plenas condições físicas e psicológicas para participar deste torneio, e não existe nenhuma recomendação médica que me impeça de praticar atividades desta natureza.

3 – Assumo, por minha livre e espontânea vontade, todos os riscos envolvidos e suas consequências pela participação nesta competição, isentando a Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo, seus organizadores, colaboradores e patrocinadores DE TODA E QUALQUER RESPONSABILIDADE por quaisquer danos materiais, morais ou físicos, que  porventura venha a sofrer, advindos da participação neste torneio.

4 – Declaro que não portarei, nem utilizarei, nas áreas do evento, percurso, ou outra área de visibilidade no evento, ou meios de divulgação e promoção, nenhum material publicitário, promocional ou político, sem a devida autorização por escrito dos organizadores; e também, qualquer material ou objeto que coloque em risco a segurança do evento, dos participantes e/ou das pessoas presentes, aceitando ser retirado pela organização ou autoridades, das áreas acima descritas.

5 – Em caso de participação neste torneio, representando equipes de participantes ou prestadores de serviços e/ou qualquer mídia ou veículo, declaro ter pleno conhecimento do Regulamento do evento, bem como a respeitar as áreas destinadas à Organização, as quais só poderei entrar ou permanecer mediante autorização, por escrito, caso contrário serei retirado da prova e do local do evento a qualquer tempo.

6 – Estou ciente das penalidades e possível desclassificação que posso sofrer caso descumpra o Regulamento ou cometa qualquer falta grave. Excluo meu direito de reclamação sobre tais aspectos da prova.

7 – Estou ciente que a Organização não se responsabilizará por qualquer extravio de materiais ou prejuízo que porventura os participantes e/ou terceiros venham a sofrer durante a participação ou em qualquer momento do evento, e nem haverá qualquer tipo de reembolso de materiais dos mesmos, por parte da Organização, sendo esses de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos.

8 – Autorizo o uso de minha imagem,  para fins de divulgação do evento, por fotos, vídeos e entrevistas em qualquer meio de comunicação, sem geração de ônus para os organizadores, mídia, cinegrafistas, fotógrafos, apoiadores, parceiros do evento e patrocinadores.

Por: Bôsco Cordeiro

Enjoy this blog? Please spread the word :)