Mototaxistas esclarecem polêmica sobre aumento da corrida

Os presidente das associações de mototaxistas Parque do Urubui-Amarelinho (Jonnes Lima), Galo da Serra-Azulzinho (Anderson Sena), Paraíso das Cachoeiras-Verdinho (Nil Leite/Vice-Presidente) e Moto União-Laranjinha (Nilton Lima), reuniram-se com nossa reportagem a fim de esclarecer, polêmica veiculada nas redes sociais, sobre a questão do aumento da tarifa da corrida supostamente marcada para ter início em 01 de dezembro.

As associações que hoje ao todo reúnem 166 afiliados, tem procurado debater os assuntos da categoria de maneira única, prevalecendo o interesse de todos os associados, visando a união da classe. Em uma reunião recente, onde foram tratados diversos assuntos entre os quais a regularização da atividade, uso dos equipamentos de segurança, unificação das cores das motos entre outros, também foi tratado a questão do reajuste da tarifa, hoje tabelada em R$ 3,00. 

O último reajuste sofrido no preço da corrida, aconteceu em meados de 2014, quando o valor passou de R$ 2,50 para os R$ 3,00 atuais. A categoria entende das dificuldades financeiras pelo qual a população passa, mas alega, que ao longo deste período os principais custos operacionais para exercer a atividade, sofreram altos reajustes, portanto, considera justo que haja uma majoração dos preços passando a tarifa para o valor de R$ 4,00. 

Para tanto, enviou um ofício às autoridades solicitando uma apreciação nesse sentido, pois como o serviço tem os preços estabelecidos pelo poder executivo através da EMTU, órgão regulador da atividade no município, só cabendo a ela portanto a autoridade para definir e estabelecer majoração de preços. As associações estão unidas buscando um reajuste que consideram de direito visando oferecer condições para que seja prestado um bom serviço aos usuários. 

Sobre a foto veiculada onde aparecem os quatro presidentes das associações, com a frase ” 1º  de dezembro passagem R$: 4,00- Juntos somos mais fortes…”, esclarecem que a referida foto foi tirada com o intuito de mostrar unicamente a união que hoje existe entre as quatro associações prestadoras do serviço, mas que foi amplamente divulgada nas redes sociais dando a entender ser certo que haveria o aumento da tarifa a partir do próximo mês. Isto causou um enorme mal estar dentro da própria categoria, visto não ter nada de concreto ainda sobre o assunto e também com diversos comentários desnecessários e até agressivos.

As associações comunicam aos usuários dos serviços, que caso algum mototaxista esteja cobrando valor acima dos R$ 3,00 ora fixados, que encaminhem denúncia por escrito, que medidas punitivas serão adotadas contra o associado infrator, visando restabelecer o respeito aos passageiros.

Por: Bosco Cordeiro e Kamila Ferreira

Enjoy this blog? Please spread the word :)