PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES PARA O EDITAL DE PATROCÍNIOS DO BANCO DA AMAZÔNIA

PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES PARA O EDITAL DE PATROCÍNIOS DO BANCO DA AMAZÔNIA

 

O Banco da Amazônia prorrogou até o dia 30 de setembro o prazo de inscrições para os editais públicos de patrocínios 2018. Esta ação do Banco está na sua 11ª edição e busca incentivar e apoiar projetos nas áreas de Feiras/exposições, ambiental, social, cultural e esportivo.

 

De acordo com o Superintendente Regional, Nélio de Jesus Gusmão Júnior, o Banco têm se empenhado em valorizar projetos de cunho artístico e cultural. “Mesmo diante de um cenário de incerteza econômica, o Banco da Amazônia, demonstra compromisso social e continua a apoiar os diversos projetos voltados para a sustentabilidade da região Amazônia”.

São mais de R$ 2,4 milhões que o Banco disponibiliza para os Editais de Patrocínio, Chamada Pública para Lei Rouanet e de Artes Visuais.

Os projetos inscritos passarão por quatro fases: pré-seleção e seleção; homologação do julgamento pela Diretoria Executiva; Habilitação Jurídica e Regularidade Fiscal e trabalhista; e a Contratação do projeto de acordo com os Normativos de Auditoria Interna e a Lei 8.666/93.

As inscrições são gratuitas e somente via correios. Mais informações estão no site do Banco da Amazônia: www.bancoamazonia.com.br. Também pelo telefone: 91-4008-3334.

 

ARTES VISUAIS

 

O “Prêmio Banco da Amazônia de Artes Visuais 2018” consiste na seleção para o preenchimento da pauta de exposições relativas ao exercício de 2018 do espaço cultural da Instituição.

 

Podem ser apresentadas propostas de exposições de desenho, pintura, gravura, técnicas mistas, fotografia, escultura, objeto, instalação e de mídias contemporâneas, que não tenham sido contempladas com exposição no Edital de Pautas de 2018 do Espaço Cultural. Quem for aprovado receberá R$ 25 mil, por projeto, a título de patrocínio, para colaborar na montagem da exposição.

 

Lei Rouanet

 

O Edital de Chamada Pública de Projetos com Lei Rouanet 2018, voltado à seleção de projetos culturais incentivados por esta lei federal, tem por objetivo contribuir para a melhoria do acesso à cultura regional. Neste edital, o Banco da Amazônia contemplará projetos de artes cênicas (teatro, dança, performance, ópera e circo), cinema (mostras e festivais), música e artes visuais, sendo priorizados àqueles que apresentarem diversidade temática, multiplicidade de linguagens e, principalmente, qualidade artística. Para esta chamada pública, que contempla pessoas físicas e jurídicas, o Banco da Amazônia dispõe de R$ 700 mil, valor que pode ser ajustado a critério da Instituição.

Por: Hélcio Mello

Enjoy this blog? Please spread the word :)