Rock in Rio promete recuperar 73 milhões de árvores na Amazônia

 

Das 73 milhões de árvores, 3 milhões já estavam prometidas pelo festival. As áreas prioritárias para plantio são o sul do Amazonas, Rondônia, Acre e Pará

Rio de Janeiro – A vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, anunciou na abertura do festival, nesta sexta-feira, 15, uma nova iniciativa para a recuperação de áreas degradadas na Amazônia brasileira, por meio do braço socioambiental Amazônia Live.

 

Foi firmado o compromisso público de resgatar uma área de cerca de 30 mil hectares, ou 73 milhões de árvores.

“Quando se fala de ‘um mundo melhor’ (slogan do Rock in Rio), é fácil só falar. Estamos mostrando como fazer. O papel do Rock in Rio é levar isso até quem não está interessado no assunto”, disse Roberta.

“É a maior restauração florestal já feita na Amazônia, e ainda precisamos de muito mais”, afirmou Rodrigo Medeiros, vice-presidente no Brasil da Conservação Internacional. A entidade é parceira do Rock in Rio, que também trabalha alinhado com o Ministério do Meio Ambiente, o Fundo Global do Meio Ambiente, o Banco Mundial, o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e o Instituto Socioambiental (ISA).

Das 73 milhões de árvores, 3 milhões já estavam prometidas pelo festival. As áreas prioritárias são o sul do Amazonas, Rondônia, Acre e Pará.

Fonte: https://l.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fexame.abril.com.br%2Fbrasil%2Frock-in-rio-promete-recuperar-73-milhoes-de-arvores-na-amazonia%2F&h=ATMKQoI1FAvcZayM2OdbdjNCfZ1Sa9NfQklkXU1IZEDKLzan_HD3E3ydwY1MmpnrheIPYUMKlqYGl3RdVC0QvflnVyIYSCyP8U4fBsGyz1eHHrJmeEtN-Q9OSOlm8bIA0GxmiVYrHJ3GHqKZUsgCIqYlzoVcYGklwSgqW4Ui1YGB9ylN0BrilSJl-XlumErhBKgGEgLcppe9BiWVEbOuu_fB46EgfV-L4Sf3BM4VHux79F_CZgS06pgYi45g1tRPYyAIqr5rgstEcEHFTv7e9wPmtHk8JR-kOYWrexkw

Enjoy this blog? Please spread the word :)