Divulgado boletim sobre estado de saúde de “Rony Cheng”

O jovem “Rony Cheng” foi vítima na tarde deste domingo(21), de uma agressão a facadas desferidas por seu padrasto em uma situação ainda não esclarecida pela autoridades policiais. Após receber 17 facadas em diversas partes do corpo, o jovem foi socorrido levado ao Hospital Eraldo Neves Falcão em Presidente Figueiredo e, diante da gravidade do quadro, transferido para o Hospital 28 de Agosto na capital.

O caso causou muita comoção por “Cheng” ser bastante conhecido na cidade e inúmeras informações sobre seu estado de saúde circularam nas redes sociais. Para evitar notícias inverídicas e fantasiosas sobre o estado de saúde do mesmo, seus familiares e o amigo Ronaldo Pereira (Ronaldo Macarrão), que está acompanhando “Cheng” no hospital, resolveram divulgar um boletim médico do quadro grave mas estabilizado em que a vítima se encontra.

Segundo Ronaldo, “Cheng” está na UTI entubado, nos locais onde houve perfurações, já ocorreram as intervenções cirúrgicas bem sucedidas embora isso não descarte ricos por ser em áreas delicadas do corpo. A preocupação maior e por conta da pressão que está muito baixa e sendo controlada através de forte medicação o que inspira grandes riscos, o rim está funcionando normalmente e segundo o médico embora o estado seja gravíssimo o fato de ele ser jovem contribui para recuperação, mas a luta será um dia de cada vez.

Últimas Informações:

“Agora a pouco fomos informado aqui pela enfermeira da UTI que o está acompanhando que ele está acordando, está reagindo bem a cirurgia, a dosagem da medicação pra estabilizar a pressão está sendo diminuída (estava em 80 agora está em 73), ou seja, a pressão começou a estabilizar, mas no entanto ainda se faz necessário manter o coma induzido, até que a pressão se estabilize de vez sem a medicação. No momento a grande luta é pra estabilizar a pressão pra sair do risco.” ( Ronaldo)

A família pede oração pela vida dele, para que Deus opere o milagre e também pela mãe dele, Dona Suzy, que está muito abalada e precisa de muita força nesse momento.

Por: Bosco Cordeiro e Kamila Ferreira

 

 

Enjoy this blog? Please spread the word :)