Veja dicas de como aproveitar a Black Friday para comprar e lucrar

 

Campanha de promoção do comércio movimenta lojistas em Manaus com descontos de até 70%

Pesquisa realizada pelo SPC Brasil apontou que três em cada 10 brasileiros (35%) pretendem fazer alguma compra na edição deste ano da Black Friday. A campanha é uma data importada dos Estados Unidos. Foto: Evandro Seixas

Faltando apenas 19 dias para a Black Friday 2017 os shoppings e lojistas já começam a se preparar. Este ano deve movimentar cerca de R$ 2,2 bilhões, de acordo com o levantamento do Google. Especialistas dão dicas de como aproveitar sem comprometer o orçamento e sem cair em fraudes.

A campanha é uma data importada do comércio dos Estados Unidos, que realiza grandes promoções na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças. No Brasil, o fator propulsor para a Black Friday é outro: o 13º salário que é pago em duas parcelas: a primeira no último dia útil de novembro e a segunda, até 20 de dezembro. A Black Friday deste ano cairá em 24 de novembro.

De acordo com um levantamento feito em todo o País pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), três em cada dez empresas brasileiras (35%) devem aderir à Black Friday. 

O Grupo TV Lar está participando da campanha e está oferecendo até 70% de descontos variando conforme os produtos escolhidos, é o que adianta o diretor do grupo, José Azevedo. “A nossa expectativa é melhorar ainda mais as vendas com a campanha da Black Friday”, revela.

Uma loja de roupas em Manaus, a Asya Fashion, também aderiu a campanha. A gerente comercial Wanda Silva conta que com a campanha a estimativa é triplicar as vendas. “Nós estimamos que vamos vender 200% a mais que em dias normais, a nossa loja terá três dias participação, vamos oferecer descontos de 20% a 70% em nossas peças”, destaca.

O diretor do Atack, José Miranda, conta que o grupo ainda não decidiu se vai adotar a campanha da Black Friday, mas que acha uma data muito importante para o comércio e que próximo do dia 24 a loja deve anunciar se participará ou não. 

A loja de componentes de informática, InfoStore, vai participar da campanha e que nesta semana revelará quantos descontos serão oferecidos. “Por questão de estratégias ainda não podemos revelar, mas garantimos que vamos oferecer o melhor aos nossos clientes”, diz a assessora de marketing, Elberlany Araújo. 

As drogarias Santo Remédio também vão participar da ação do dia 24 e revelará em breve os descontos que serão oferecidos aos clientes, é o que adianta a gerente de marketing do Grupo Tapajós, Emanuele Rodrigues.

Shoppings 
Nos dias 24 a 27 de novembro ocorre a edição do Black Friday do Sumaúma Park Shopping, a campanha acaba somente no dia 27 por conta do aniversário do shopping que é comemorado nessa data. Os descontos vão até 70%. Segundo o superintendente do centro de compras, Cláudio Voso, a expectativa de crescimento em vendas é de 6% em relação ao mesmo período de 2016 e de 10% no fluxo de clientes. 

Os lojistas do Amazonas Shopping também estão se preparando para a campanha de descontos. Para o presidente da Associação de Lojistas do shopping, André Gesta, este ano vai ser melhor do que 2016. “O Amazonas Shopping terá descontos de 50 a 60% variando de acordo com cada loja. Neste ano projetamos crescer entre 15% a 20%”, revela.

Frequentadores do Millennium Shopping e Shopping Ponta Negra poderão encontrar produtos com até 70% de descontos. “Neste ano, cada lojista criou a sua própria companha ou aderiu à de sua franquia para incrementar as vendas e renovar o estoque para o Natal e Ano Novo”, adiantou o gerente geral do Millennium Shopping, Miguel Christoph.

Lojas online
O varejo digital é uma realidade no cotidiano dos consumidores. Diante desse cenário, a Proxy Media, empresa de soluções digitais para a geração de negócios, desenvolveu o site Black Friday de Verdade, com 11 apoiadores como Carrefour, Submarino Viagens, Evino, Hering, Hope Lingerie, Intimissimi, Grupo Technos, Under Armour, Buscapé, Electrolux e L’Ooccitane Au Brésil.

“Buscamos parceiros estratégicos que queiram somar à campanha. Ao atuar em conjunto com grandesplayers do mercado nosso alcance aumenta e, por consequência, conseguimos transformar o evento em algo seguro, transparente e admirado tanto para os lojistas quando para os consumidores”, comenta Francisco Cantão, fundador do site Black Friday de Verdade.

A gerente da Bemol, Sheila Sobreira, conta que as lojas físicas e online os clientes vão poder ter descontos de 20% a 70%. “Os descontos realmente vão surpreender. São descontos especiais, bônus dobrado e parcelamento sem juros”.

Atenção aos fraudadores

Com essa grande circulação de dinheiro no Black Friday aumenta também o número de concessões de crédito para pagamentos parcelados e as compras disfarçadas com descontos. Segundo o Reinaldo Domingos, do canal Dinheiro à Vista, é preciso cuidado para não comprometer o orçamento financeiro da família para próximo ano.
 
“Fique em alerta para as maquiagens de preços. É preciso ter uma noção dos valores dos produtos que deseja comprar, para saber se realmente há descontos”, diz.

Como faturar com e-commerce

O período de Black Friday que é conhecido pelos descontos oferecidos aos consumidores. Ao oferecer preços baixos, o empreendedor tem a chance de conquistar novos clientes para o seu negócio. Mas deve se preparar para não decepcioná-los.

A Priscilla Erthal, sócia da Organica, empresa focada na aceleração de negócios e pessoas dentro da lógica da Nova Economia, separou algumas dicas para que o e-commerce consiga se destacar e trazer mais clientes. “O Black Friday é uma das datas mais importantes e rentáveis do calendário. Ele veio pra ficar e muita gente utiliza para antecipar as compras do Natal”, diz a especialista. 

Ela incentiva criar uma landing page com contador para lembrar aos visitantes quantos dias faltam para o Black Friday e um mini cadastro para inserir no banco as pessoas interessadas em receber as promoções da data. E ainda explica que é necessário envolver toda a equipe.

“Não adianta só o marketing criar uma campanha super bacana e não combinar e ouvir as outras áreas”, diz Priscilla.

O especialista em e-commerce Bruno de Oliveira explica que é preciso lançar ações de marketing para divulgar as melhores ofertas, criar conteúdo relevante que se conecte com o que está sendo vendido, investir na base de clientes intensificando o relacionamento com os que já compraram pelo site  e facilitar o processo de compra via dispositivos móveis são algumas medidas importantes para o varejista aproveitar bem essa data e faturar alto.

“É preciso planejar e colocar em prática medidas voltadas especificamente para esse dia, pois a Black Friday cresce ainda mais a cada ano no Brasil”, finaliza.

Fonte: http://www.acritica.com/channels/cotidiano/news/veja-dicas-para-aproveitar-a-black-friday-para-comprar-e-lucrar

Enjoy this blog? Please spread the word :)