Quatro amazonenses estão entre os agraciados nos Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia

Nesta sexta-feira, 24, ocorre a cerimônia de outorga dos Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente – edição 2017 que tem como objetivo fomentar mudanças inovadoras para o desenvolvimento sustentável da Região Amazônica. O evento acontecerá no auditório Gilberto Mendes de Azevedo, às 20 horas, em Manaus-AM.

Os prêmios foram julgados no dia 19 de outubro, em Manaus-AM, por comissão composta por diversas entidades, dentre eles, o presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo. Este ano, dez projetos foram contemplados, sendo quatro do Amazonas.

Entre eles estão os premiados Jaqueline de Araújo Bezerra, na categoria “Iniciativa de Desenvolvimento Local (IDL)”, Mário Expedito Neves Guerreiro (AM) como “Personalidades dedicadas ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica” e Grupo Dedé (cachaçaria do Dedé) – Amazonas (AM), na categoria “Empresa na Amazônia”.

Tecnologia

Já na categoria de Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica, está João Guilherme de Moraes Silva (AM), com o projeto “Programa Amazônia Conectada-Infraestrutura de Telecom para interiorização de políticas públicas na região amazônica”. Para ele, o projeto irá beneficiar a população do interior do Amazonas com serviços de dados com as mesmas qualidades que são oferecidas em Manaus. “Quando este Programa estiver concluído será possível oferecer para a população do interior do Estado do Amazonas uma série de serviços de telecomunicações com a mesma qualidade das Capitais, como a Internet, Telemedicina, Universidade à distância, interconexão entre Saúde, Segurança Pública, Trânsito e Turismo.” Disse.

Sobre os prêmios

Os premiados receberão R$ 35 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil para o 1º, 2º e 3º lugar, respectivamente. A edição 2017 obteve 171 inscritos para as categorias Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica, Iniciativa de Desenvolvimento Local, Personalidades dedicadas ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica, Empresa na Amazônia e Microempreendedores de Sucesso na Amazônia (Prêmio Florescer), sendo as três últimas honoríficas.

O Banco vem apoiando os prêmios desde a sua primeira edição em 2004, não só como copatrocinador, mas também colaborando na fase de identificação dos melhores projetos e apoiando financeiramente pesquisas agraciadas.

Por: Assessoria de Comunicação

Enjoy this blog? Please spread the word :)