Amazonense prodígio no futebol é volante e capitão do time Sub-12 do Flamengo

 

A trajetória do “Ronald Manaus” começou cedo, aos 9 anos. De família humilde, o pai juntou economias e o levou para o Rio. Lá, ele “de cara” foi aprovado, no Vasco

Tudo bem que o time da Gávea se orgulha em dizer que: “Craque, o Flamengo faz em casa”, mas muitas vezes o Rubro-Negro vem buscá-los em Manaus. Seguindo os passos de Gilmar Popoca, meia-atacante que saiu do Amazonas pra brilhar no Rio, Ronald Vitor Viana Gomes, de apenas 12 anos, vem se destacando com o “Manto” rubro-negro. Volante que alia técnica e raça, o jovem tem tanta moral na Gávea que é até o capitão da equipe.

Mas a trajetória do “Ronald Manaus”, como ele é conhecido no Ninho do Urubu, começou quando ele tinha apenas 9 anos. Em 2015, depois de “comer a bola” no futsal, o pai do atleta, Ronaldo Encarnação Gomes, 38, decidiu investir na carreira do filho. De família humilde, o serralheiro juntou economias e levou o garoto para fazer testes em clubes cariocas.


Foto: A Crítica

“Conheci uma pessoa em Minas, onde ele foi disputar uma competição e perguntei se meu filho poderia fazer um teste em qualquer um dos times do Rio, nem escolhi qual. E essa pessoa me disse que o Ronald com certeza seria aprovado em qualquer clube e conseguiu um teste pra gente”, relembra o pai de Ronald.

Início no rival

De cara, Ronald foi aprovado no teste, mas no Vasco da Gama. Logo na primeira competição pelo Cruzmaltino se sagrou campeão Carioca Sub-12 e em cima do Flamengo. O grande futebol do garoto despertou o interesse do Rubro-Negro que o tirou de São Januário e hoje ele treina ao lado de craques como Guerrero, Juan e Diego.

“Treino do lado do time profissional. Antes da final do Carioca deste ano, o Diego foi dar uma palestra pra gente. Ele nos disse que nada é impossível pra quem acredita e que nada é impossível pro Flamengo”, disse “Ronald Manaus”, que atualmente mora no Rio de Janeiro.


Foto: Arquivo pessoal

“Depois que ele foi aprovado, resolvi vender tudo aqui e me mudar pro Rio de Janeiro e investir na carreira dele. Sou evangélico e uma vez Deus me disse que o Ronald faria uma grande viagem e está tudo acontecendo”, revelou o “pai-trocinador”.

Gilmar Popoca

Fã de Casemiro, do Real Madrid e do colombiano Cuéllar, Ronald chegou a conhecer Gilmar Popoca antes do técnico deixar o clube. “Conversei com ele algumas vezes. Ele ficou feliz em ver um conterrâneo dele no Flamengo”, relembra o garoto completando. “Ele (Popoca) treinava ali do lado com o Vinicius Júnior, o Lincon e o Leozinho que subiu agora”.

Atualmente de férias no Amazonas, Ronald Manaus retorna para o Rio em fevereiro e segue na luta pelo sonho de um dia brilhar na equipe principal do Flamengo.

Fonte: https://www.acritica.com/channels/esportes/news/amazonense-prodigio-no-futebol-e-volante-e-capitao-do-time-sub-12-do-flamengo

Enjoy this blog? Please spread the word :)