Haitiano vendedor de dindin é morto a tiros por policial na avenida Djalma Batista

 

Segundo testemunhas, tudo teria começado com uma briga entre dois haitianos. O PM buscou resolver o tumulto quando a vítima tentou esfaqueá-lo e foi alvejada

Uma briga entre dois haitianos acabou com um deles sendo morto a tiros na tarde desta terça-feira (29), em Manaus, em frente a uma loteria na avenida Djalma Batista, no bairro São Geraldo, na Zona Centro-Sul de Manaus. Segundo testemunhas, o homem era vendedor de dindin e foi alvejado ao tentar esfaquear um policial militar que buscava resolver o tumulto.

O caso ocorreu por volta de 13h. A casa lotérica fica localizada no sentido Centro-bairro da via. O haitiano não foi identificado até o momento.

De acordo com testemunhas, o homem estaria discutindo com outro haitiano e o ameaçou com uma pedra. Em seguida, os dois começaram um bate-boca quando uma pessoa gritou pelo policial que fazia patrulhamento em uma viatura da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Outro policial militar também fazia patrulhamento com ele.

Testemunhas contam ainda que o policial pediu que o haitiano soltasse a pedra, mas o homem teria tentado atacar o PM com uma faca, que acabou ferido.

Conforme o comandante do CPA, César Andrade, o haitiano tinha histórico de violência na área. Ele conta que o policial agiu em legítima defesa. “É preciso levar em consideração que o policial agiu de forma pra resolver uma situação aparentemente simples. Uma arma ao ser sacada pode travar e inibir a situação, mas uma faca causa danos na hora”. A quantidade de tiros efetuada pelo policial não foi confirmada.

O policial foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul. O outro haitiano envolvido na briga foi conduzido pela PM para prestar depoimento.

Fonte: //www.acritica.com/channels/manaus/news/haitiano-vendedor-de-dindin-e-morto-a-tiros-por-policial-na-avenida-djalma-batista

Enjoy this blog? Please spread the word :)