Vídeo: morador arremessa cão de janela de prédio no DF e causa revolta

 

Olavo, como o animal foi batizado, caiu de uma altura estimada entre 15 e 18 metros. O canino quebrou duas patas e dentes

Um cachorro foi arremessado da janela de um prédio em Ceilândia, na última terça-feira (5/2), deixando os vizinhos revoltados. Imagens feitas por eles mostram o animal machucado no chão, momentos após a queda. O cão, apelidado de Olavo, caiu de uma altura estimada entre 15 e 18 metros, quebrou as duas patas dianteiras e alguns dentes.

O caso foi acompanhado pelo Batalhão de Policiamento Ambiental do Distrito Federal (BPMA), que teve conhecimento do crime após encontrar vídeos publicados nas redes sociais.

O major José Souza Júnior, do Batalhão de Policiamento Ambiental, conta que uma viatura do BPMA foi ao prédio nessa quarta-feira (6) e identificou o autor do crime.

O homem, cujo nome não foi divulgado, tem 46 anos e trabalhava na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, que fica ao lado do prédio onde o tudo ocorreu. No local, ele cumpria pena alternativa por infrações anteriores, que também não foram detalhadas.

 

“No primeiro momento, ele disse que o cão subiu no local e escorregou sozinho. Entretanto, ontem à tarde encontramos testemunhas que viram o infrator jogando o animal”, explicou o major.

As imagens foram feitas por Stephanie Oliveira. “É um absurdo. Vejam como ficou o cachorro. Quem é capaz de fazer uma maldade dessa?”, questiona.

A ação de Junior foi registrada por meio de um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Agora, o caso segue para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

A advogada de defesa dos direitos dos animais Ana Paula de Vasconcelos se voluntariou para acompanhar as questões judiciais do caso. “Essa ação é um crime ambiental, previsto na Lei nº 9.605/98. A pena é de 3 meses a 1 ano”, disse.

A punição também prevê multa que pode chegar de um a 40 salários mínimos. Além disso, a advogada vai recorrer ao Instituto Brasília Ambiental (Ibram), que também aplica multas em casos de maus-tratos aos animais.

Ana Paula também informou que o cachorro morava no prédio da igreja e era bem cuidado. Ele tinha uma dona que o deixava sair pelo local.

Doações
O cachorro está internado em uma clínica veterinária em Ceilândia. Ana Paula conta que Olavo ainda precisa fazer cirurgias, mas os custos das operações são altos. O valor total de todos os procedimentos é de R$ 4.675.

“Ele ainda não foi operado porque a gente não tem como custear. Quem quiser ajudar pode entrar em contato com a clínica”, destaca a advogada.

A clínica Vitalvet fica no Conjunto B da QNP 30, no P Sul. O telefone do local é (61) 3028-3861.

Fonte: //www.metropoles.com/distrito-federal/video-morador-arremessa-cao-de-janela-de-predio-no-df-e-causa-revolta

Enjoy this blog? Please spread the word :)