Em Manaus, motorista leva terçadada na cabeça em tentativa de assalto

 

A vítima, de 46 anos, diz que voltará a trabalhar como motorista para sustentar a família

 
O caso foi no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

Manaus – Um motorista de ônibus, de 46 anos, foi atingido com um golpe de terçado na cabeça durante uma tentativa de assalto a um veículo da linha 679, da empresa Eucatur. O caso ocorreu por volta das 14h30 desta quinta-feira (14), na avenida Margarita, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. 

Ele passou por atendimento médico no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste, onde falou sobre o caso com exclusividade ao Em Tempo 

A vítima explicou que o suspeito pegou o ônibus nas proximidades da Feira do Produtor e aparentava ser um estudante, vestia camisa branca, calça jeans e mochila. 

 

Segundo o motorista, o criminoso se aproveitou e anunciou o assalto quando estavam apenas a vítima e a cobradora no coletivo. 

“Ele entrou, passou pela catraca e ficou no fundo do ônibus. Quando estávamos chegando no terminal do bairro, ele gritou que era assalto. Na ocasião, eu puxei o freio de mão e deixei o ônibus atravessado na avenida. Nesse momento, ele pulou a catraca e me atacou com terçado”, contou a vítima. 

Ainda conforme o relato, após o ataque, o criminoso fugiu sem levar nada. “Ele entrou na mata do Jardim Botânico”, disse. 

O motorista foi socorrido pelo Samu e levado ao hospital. Devido ao ferimento na cabeça, ele precisará ser transferido para realizar exames de tomografia no HPS João Lúcio. 

Assaltos constantes 

O motorista que trabalha há sete anos no transporte coletivo informou que o local onde foi atacado é conhecido e usado pelos criminosos como rota de fuga, por ficar nas proximidades da Reserva Adolpho Ducke. 

“Na semana passada, outro colega que trabalha na mesma linha teve o pescoço cortado. Entraram três assaltantes, dois homens e uma mulher, que fizeram um arrastão no ônibus, no mesmo local”, disse o motorista. 

Mesmo após sofrer uma tentativa de latrocínio, o motorista relatou que pretende voltar a trabalhar. “Tenho que sustentar minha família e infelizmente correr riscos. Busco a segurança de Jesus”, declarou a vítima. 

Policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), fizeram buscas pelo suspeito, porém até a publicação desta matéria não havia informações sobre a prisão dele.

Fonte: //d.emtempo.com.br/

Related Post

Enjoy this blog? Please spread the word :)