Cansada de ver a filha ser agredida, sogra mata genro em Minas

 

 

Uma mulher de 59 anos resolveu colocar fim às agressões sofridas pela própria filha ao matar o genro na noite desse sábado (11). A gota d’água, segundo a Polícia Militar, teria sido uma ameaça que o homem proferiu contra a sogra, ao dizer que também lhe “daria uma surra”. O caso ocorreu em um povoado no interior de Minas, no Vale do Mucuri.

O distrito onde ocorreu o crime chama-se Água Quente, no município de Águas Formosas. Por volta das 19h de ontem, o homem de 43 anos começou a discutir com a esposa, também de 43, e a sogra. Em um determinado ponto da briga, ele ameaçou a mãe da companheira ao afirmar que também “daria uma surra” nela.

Os militares responsáveis pelo policiamento do povoado afirmaram ao BHAZ que as agressões do homem contra a esposa eram constantes. Esse fato, somado à ameaça, motivaram a sogra a se armar com uma faca e dar um golpe no peito do genro. Ele chegou a ser levado a uma unidade de saúde e internado ainda com vida, mas morreu pouco após dar entrada.

A autora do homicídio ainda fugiu e tentou se abrigar no sítio de um familiar, já na zona rural de Almenara, cujo centro urbano fica a cerca de 130 km de Águas Formosas. No entanto, ela foi encontrada e presa pelos militares por homicídio consumado.

//bhaz.com.br/

 

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)