Garis protestam por salários em dia em Presidente Figueiredo

Uma manifestação pacífica levou cerca de quarenta agentes de limpeza pública ao auditório da Prefeitura Municipal em Presidente Figueiredo. Um impasse entre o poder executivo e o legislativo à cerca de remanejamento orçamentário, causou atraso no pagamento a empresa Ecoagro, responsável pela coleta de lixo local e o consequente atraso no pagamento dos salários dos funcionários. Na Prefeitura Municipal, os Agentes de Limpeza foram recebidos pelo Cel. Dan Câmara ( SEMOPI-SECRETARIA MUNICIPAL DE ORDEM PÚBLICA E INSTITUCIONAL), que de forma cortês e amigável, ouviu a todos e explicou a eles, que nada poderá ser feito sem a devida aprovação da Câmara Municipal. 

Tudo começou quando a câmara reduziu de 40% para 10%, o limite imposto ao poder executivo para remanejamento orçamentário e isso tem se refletido diretamente nas ações do poder executivo para realizar alguns pagamentos, inclusive o salário de servidores. Já houve necessidade de reunião extraordinária da Câmara Municipal para aprovar remanejamento de pagamento de salários, realização da Festa dos Barqueiros, Festa dos Evangélicos e agora, existe uma solicitação pra remanejamento de orçamento visando o pagamento de alguns fornecedores, este último, aguardando aprovação na sessão da próxima quarta-feira.

Por sua vez, pelo lado da Câmara, o Vereador Jonas Castro ao tomar conhecimento do ocorrido, informou que a Câmara não está se negando a aprovar o remanejamento, mas quer que a Prefeitura informe detalhadamente como e onde irão utilizar os recursos solicitados. Diante desse impasse, os Agentes de Limpeza decidiram ir em peso a próxima sessão da Câmara, para pressionar os vereadores a agilizarem a aprovação da solicitação, evitando assim que haja uma atitude mais radical por parte deles, paralisando os serviços de limpeza da cidade o que não vem ocorrendo ainda.

Por parte da Empresa Ecoagro, os Diretores Marcelo Palhano e João do Valle, garantiram que vem fazendo todo o esforço possível para manter o pagamento dos funcionários em dia, mas que já são três meses diante desse impasse e que a empresa mesmo assim, tem mantido os serviços diariamente para que não afetem a população e que sempre procurou honrar os compromissos com os salários dos servidores, muitas das vezes pagando antecipadamente a folha da empresa.

Espera-se que nesta quarta-feira, ocorra a aprovação do remanejamento orçamentário e isto acontecendo, até o final desta semana, toda essa situação já esteja resolvida.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por: Bosco Cordeiro

Enjoy this blog? Please spread the word :)