Conheça dez praias e cachoeiras para fugir do calor amazonense

 

Para ter acesso a esses lugares é necessário tomar alguns cuidados básicos para não causar acidentes, como não entrar alcoolizado nos rios

 

Manaus – O manauara mora num verão intenso e cada vez mais quente, e em tempos assim, nada melhor do que um bom banho de rio para refrescar. O período entre os meses de junho a novembro é conhecido como vazante do Rio Negro, onde as praias se tornam mais visíveis e de melhor acesso para os banhistas. Na região banhada por este rio há diversas praias em diferentes localizações e, em cada uma, um visual paradisíaco.

O EM TEMPO selecionou algumas praias nas Zonas Rural e Urbana do Amazonas, algumas com entrada gratuita e outras com entrada paga, para os manauaras se refrescarem nos dias mais quentes. 

Para usufruir do passeio é necessário tomar alguns cuidados. É indicado não entrar no rio se estiver ingerido bebida alcoólica ou se estiver fazendo a digestão de algum alimento pelo risco de afogamentos. Também cuidado com lugares com muitas pedras que podem ser escorregadias e causar acidentes, principalmente em corredeiras. A atenção com crianças também é muito importante para que não aconteçam acidentes.

1 – Praia do Japonês (Balneário Amazon Forever)

 
 

A Praia do Japonês está localizada em um balneário particular, o Amazon Forever, em Iranduba, e só fica visível durante os meses de agosto a outubro. Os banhistas podem usufruir de uma infraestrutura com bar, restaurante, estacionamento, banheiros, mesas, além de outras opções de lazer como passeios de Banana Boat e Stand Up Puddle (SUP).

Aberto aos sábados, domingos e feriados, o balneário está a apenas 30 minutos de carro, com acesso pela Ponte Rio Negro. Não é permitida a entrada com alimentos e bebidas, sendo necessário o consumo local. O valor da entrada depende do tipo de veículo, sendo cobrado por carro e moto.

2 – Praia do Escondidinho

Para chegar à Praia do Escondidinho é necessário pagar por um transporte fluvial na Marina do Davi, localizada na Estrada da Ponta Negra, Zona Oeste. A praia é um ponto pouco conhecido e frequentado pelos moradores locais, como o próprio nome sugere é até um pouco isolada, mas vale a pena a procura.

A Praia do Escondidinho é um local pouco conhecido pelos moradores da cidade
A Praia do Escondidinho é um local pouco conhecido pelos moradores da cidade | Foto: Reprodução

3 – Praia do Tupé

Para chegar nesta praia é necessário pagar por um transporte fluvial também na Marina do Davi, pois ela fica localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé. A travessia dura em média uma hora e só é feita nos sábados, domingos e feriados, com horários pela manhã e no fim da tarde. A infraestrutura do local permite uma boa experiência aos banhistas, com restaurante, banheiros e mesas dispostas na beira do rio.

A Praia do Tupé possui uma beleza espetacular
A Praia do Tupé possui uma beleza espetacular | Foto: Mario Oliveira

4 – Praia de Paricatuba

Esta praia é de acesso gratuito e está localizada na Vila de Paricatuba, em Iranduba, onde é possível encontrar também as famosas ruínas de mesmo nome. O acesso se dá pela rodovia Manoel Urbano (AM-070), a cerca de 40 quilômetros da capital amazonense. Na praia é possível encontrar restaurantes e mesas dispostas na margem do rio, oferecendo sombra e conforto aos visitantes.

A partir da localização da Vila de Paricatuba, é possível chegar também à Praia do Lago. No fim de um ramal da vila há a beira do rio, dali é necessário pagar por uma canoa para realizar a travessia até a praia.

Paricatuba possui uma praia próxima às ruínas, ponto turístico da cidade
Paricatuba possui uma praia próxima às ruínas, ponto turístico da cidade | Foto: Clovis Miranda

5 – Praia do Açutuba

A praia é uma das mais famosas entre os manauaras. Fica localizada próximo à Paricatuba e o modo de acesso é o mesmo, por via terrestre, com a diferença que a entrada do ramal para esta praia é um pouco depois da entrada de Paricatuba. Ela também é paga e possui infraestrutura básica com restaurantes que oferecem peixes típicos da região, bares, banheiros, mesas e passeios de banana boat.

A Praia do Açutuba é uma das mais famosas da região
A Praia do Açutuba é uma das mais famosas da região | Foto: Lilia Nogueira

7 – Cachoeira da Neblina

Esta é uma das mais maiores cachoeiras de Presidente Figueiredo, a 170 quilômetros do Centro de Manaus. Para chegar lá, é necessária uma caminhada de mais ou menos sete quilômetros de mata a dentro. A cachoeira faz jus ao nome, é tão alta que a queda forte faz com que se forme uma neblina com gotículas de água e piscinas naturais. Não possui infraestrutura de um balneário. Para quem vai, tenha em mente que é uma verdadeira aventura, mas vale muito a pena.

A cachoeira é uma das maiores da região e tem uma queda d'água que deixa gotículas de água no ar
A cachoeira é uma das maiores da região e tem uma queda d’água que deixa gotículas de água no ar | Foto: Aprazzivel

8 – Cachoeira do Mutum

Esta cachoeira fica no quilômetro 54 da estrada AM-240 e para ter acesso é necessário entrar ainda em um ramal dentro da mata. A entrada é paga e é necessário ter atenção com períodos chuvosos, pois a chuva pode deixar a estrada alagada com risco de atolar o veículo. Muitos visitantes costumam acampar no local, o que é permitido.

A cachoeira é uma obra de arte, buracos que formam piscinas naturais em uma grande rocha na época de vazante. Um pouco abaixo dela, há uma praia para aqueles que preferem ficar mais tranquilos.

A Cachoeira do Mutum é famosa por suas piscinas naturais
A Cachoeira do Mutum é famosa por suas piscinas naturais | Foto: Divulgação

9 – Cachoeira da Pedra Furada

A cachoeira é formada por um buraco em uma grande pedra e a água cai em uma praia de areia branca, deixando a vista linda e formando uma piscina natural. A entrada é paga e a cachoeira fica no quilômetro 57, a cerca de uma hora de Presidente Figueiredo, para chegar nela é necessário ainda fazer uma pequena caminhada pela floresta.

A pedra com três furos por onde a água cai dá nome ao lugar: Cachoeira da Pedra Furada
A pedra com três furos por onde a água cai dá nome ao lugar: Cachoeira da Pedra Furada | Foto: Caio Murilo

10 – Cachoeira das Orquídeas

Esta cachoeira é gratuita e de fácil acesso. Ao estacionar o carro na entrada, é necessário andar por pouco mais de um quilômetro em um ramal e ao chegar lá, a vista é de tirar o fôlego. A piscina natural de águas límpidas e refrescantes é um ponto muito valorizado pelos moradores locais e muitas vezes está lotada, então é necessário ir em um horário estratégico.

A Cachoeira das Orquídeas possui uma beleza natural única
A Cachoeira das Orquídeas possui uma beleza natural única | Foto: André Maués
//d.emtempo.com.br/
error

Enjoy this blog? Please spread the word :)