Menino morre após ser diagnosticado com “ameba comedora de cérebro”

 

A Naegleria Fowleri foi encontrada em uma mangueira de água na casa de Josiah McIntyre, de 8 anos

Um menino de oito anos morreu em Houston, nos Estados Unidos, após ser diagnosticado com uma “ameba comedora de cérebro”. Josiah McIntyre sentiu dores de cabeça, vômito e febre antes de ser levado para um hospital no Texas. Ele morreu no último dia 8.

Segundo a rede CBS, a morte do garoto acendeu um alerta para o abastecimento de água em oito cidades americanas.

A Comissão de Qualidade Ambiental do Texas emitiu um comunicado aos residentes atendidos pela companhia de água Brazosport Water Authority alertando os clientes para não usarem água devido à presença da ameba Naegleria Fowleri. Testes de laboratório encontraram a ameba em uma mangueira de água na casa do menino.

Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), a ameba comedora de cérebro é frequentemente encontrada no solo, lagos quentes, rios e fontes termais. Também pode ser encontrado em piscinas mal conservadas ou sem cloro e em descargas de água quente de plantas industriais. A recomendação é que os moradores fervam a água antes de utilizá-la.

De acordo com o CDC, 145 pessoas foram infectadas com a ameba de 1962 a 2018 e apenas quatro sobreviveram.

//www.metropoles.com/

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)