Ícone do Caprichoso, Arlindo Jr. se emociona ao receber homenagem na ALE-AM

 

O “pop da selva” recebeu a Medalha Ruy Araújo, maior honraria do parlamento estadual, e o carinho de amigos do bumbá Caprichoso

Foto: Divulgação

 

O ex-deputado estadual e artista amazonense Arlindo Júnior recebeu na manhã desta quinta-feira (29) a Medalha Ruy Araújo, maior honraria do parlamento estadual, na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM). O “pop da selva”, que está em tratamento de câncer, se emocionou durante a cerimônia que contou com a presença de itens e da nova presidência do boi-bumbá Caprichoso.  

No início da homenagem, Arlindo foi chamado para compor a mesa sob aplausos intensos da plateia. Ao escutar o hino do Brasil, o artista não segurou as lágrimas. Familiares dele, como a esposa Lene Silva, e os cinco filhos, estiveram presentes.

Com lágrimas nos olhos, o artista agradeceu o recebimento da medalha e o apoio de todas as pessoas durante o tratamento dele contra o câncer. “É impossível não chorar, pois é muita emoção. Estou vendo amigos, que desde o primeiro momento que souberam o que estava passando, me ajudaram. Esta homenagem não é apenas minha, mas de todos que ajudaram, oraram e deram a energia para eu participar de tudo aqui”, destacou.

Arlindo ainda aproveitou para falar sobre a fé dele em Deus. Ele afirma que mudou muito depois de descobrir que tem câncer. “É muito gratificante está aqui, pois é uma vitória ficar em pé e falar. Fiz questão de trazer toda a minha família, pois hoje sou uma pessoa melhor. Sou uma pessoa mais temente a Deus. Deus tem sido tudo na minha vida. Se estou aqui vivo agora, com forças para falar, é porque Deus esteve presente na minha vida”, comentou.

Homenagem de amigos

Ainda durante a cerimônia, o Amo do Boi Caprichoso, o Prince do Boi, homenageou Arlindo ao cantar a toada “Meu Amor é Caprichoso”. Depois dele, foi a vez de David Assayag cantar “Amazônia, Catedral Verde”. “Todas as pessoas que estão aqui te amam e estão torcendo por você. Deus nunca vai te abandonar. Estaremos juntos para todo o sempre”, afirmou o Prince do Boi.

Para a reportagem, o imperador David Assayag, agradeceu a amizade do homenageado, além de lembrar o início da carreira dos dois. “Falar do Arlindo é fácil, pois começamos juntos na carreira da cultura parintinense, durante a década de 80. Ele tem uma representação muito grande e contribuiu com a elevação do nosso festival”, disse David Assayag.

No final da cerimônia, Arlindo também chegou a cantar a toada “Candelabros Azuis” e “Sentimento Caprichoso”, além de “Lamento de Raça”, do Boi Garantido. O artista foi acompanhando por palmas da plateia.

Propositor

O deputado propositor da homenagem, Saullo Vianna (PPS), da Comissão Social e Cultural da Casa, afirmou que todos os deputados aprovaram que o artista recebesse a medalha mais importante da Aleam.

“Conheço o Arlindo desde criança e posso falar que ele é meu ídolo. Tenho ligação com a cidade de Parintins, a minha família está ligada com o boi Caprichoso. O Arlindo transformou a questão do item levantador, colocando o jeito dele. Já tinha programado a homenagem, mas adiamos pela sua viagem para São Paulo. É uma justa homenagem, por tudo que representa para a cultura do nosso Estado. Por tudo que você fez para divulgar o nosso festival”, afirmou o deputado estadual.

Novo CD

Arlindo também anunciou que produzirá um CD com apenas canções religiosas. Ainda ele comentou que a produção tem o objetivo de tocar o coração das pessoas.

“Deus me tocou muito durante a minha trajetória de vida. Eu vou fazer o que gosto de fazer, que é cantar, mas vou cantar para Deus. Vou fazer um CD com músicas, mensagens de Deus, para tocar o coração das pessoas. Para dizer que não podem desistir, pois é uma luta que todos podem vencer, não só contra o câncer, mas contra qualquer doença, seja no trabalho, na vida pessoal, profissional e amorosa, sempre devemos acreditar”, finalizou o artista.

https://www.acritica.com/

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)