Motorista de App é assaltado e brutalmente agredido em Manaus

 

Motorista passa horas de terror nas mãos de criminosos e depois é abandonado em uma área deserta de Manaus

 
Motorista foi brutalmente agredido e passou horas desaparecido após assalto | Foto: Suyanne Lima

Manaus – O motorista de aplicativo José Roberto da Silva Ferreira, de 42 anos, viveu momentos de terror na madrugada deste domingo (18), após ser assaltado e agredido por criminosos. Ele havia desaparecido por volta das 23h deste sábado (17). 

De acordo com o irmão dele, Ademar Joel, o último contato de José foi por volta das 23h, após uma corrida iniciada no bairro Distrito Industrial, na Zona Leste. Ao perderem contato com ele, a família entrou em contato com a empresa que rastreou o carro e descobriu que o veículo havia sido abandonado na rua Chico Mendes,  no bairro Zumbi dos Palmares, naquela mesma zona. 

“O carro estava com várias marcas de lama, levaram o som automotivo e tinha uma camisa com sangue. Ficamos desesperados sem saber o que poderia ter acontecido com ele”, relatou o irmão às equipes de reportagem no 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), enquanto registravam o Boletim de Ocorrência na manhã deste domingo (18).

 
Assaltantes levaram o som automotivo | Foto: Suyanne Lima

Motorista foi brutalmente agredido

Após a repercussão do caso, uma pessoa entrou em contato com a família e informou que José havia sido encontrado no ramal da Gisele,  no bairro Distrito Industrial 2. Ele foi brutalmente agredido. 

Os familiares foram ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, onde a vítima deu entrada. O EM TEMPO acompanhou o momento da chegada do motorista na unidade hospitalar. 

O carro estava com várias marcas de lama, levaram o som automotivo e tinha uma camisa com sangue
O carro estava com várias marcas de lama, levaram o som automotivo e tinha uma camisa com sangue | Foto: Suyanne Lima

No local, sentimento de alívio por saberem que José está vivo e pedidos de justiça para que a polícia encontre os criminosos. 

“Meu cunhado é um pai de família,  um cidadão de bem. Ele não merecia isso que fizeram com ele. Nós agradecemos vocês da imprensa que nos ajudaram a encontrá-lo. Tivemos fé que ele estava vivo em algum lugar. Queremos que a polícia faça justiça. Assim como aconteceu com o José, pode acontecer com qualquer cidadão de bem que está trabalhando para levar o sustento à sua família”, declarou a cunhada dele, Maria do Rosário.  

Motorista segue no hospital

A vítima deu entrada na emergência e recebeu atendimento médico
A vítima deu entrada na emergência e recebeu atendimento médico | Foto: Suyanne Lima

A vítima deu entrada na emergência e recebeu atendimento médico. Ele ainda não conseguiu falar com os familiares para dar mais detalhes do que aconteceu durante o assalto. 

O caso será investigado pelo 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Veja o vídeo e entenda o caso:

Momentos que o motorista deu entrada na unidade hospitalar:

//d.emtempo.com.br/

 

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)